22 de janeiro de 2014
 
  Boletim 04/2014

ATIVIDADES CONFIRMADAS E INFORMADAS à FEPAR para este próximo fim de semana, 25 e 26 de janeiro de 2014.

PATO LOCO
Confirmada Atividade de Paraquedismo em Guarapuava no sábado e domingo. Aeronave Cessna 182 PT KKM , Cursos ASL / Saltos Duplos / Saltos Fun. Hangar com área de dobragem, lanchonete, banheiros.
MAIORES INFORMACOES: Junior Aver , junioraver@yahoo.com.br, Tel: 46. 91187879.

RTA: Junior Aver

FLY PARAQUEDISMO LONDRINA
Confirmada atividade no Aeródromo 14 Bis, Distrito da Warta - Londrina. Aeronave Cessna 210-05 PR-BEX SUPER SKYLANE. Saltos Duplos , Saltos para alunos AFF, ASL, BBF, saltos FUN , instrução de FREE FLY / treinamento e saltos de avaliação para instrutores e saltos para atletas. Contatos e maiores informações : www.flypqd.com.br / 43 9102 6265 / 43 3027 6265 a/c Fabio Pelayo.

RTAs Fabio Pelayo , Ronaldo Tkotz, Laercio Gomes e Vitor Tamarozi.

FLY CURITIBA
Fly Curitiba Paraquedismo confirmada atividade em Ponta Grossa, Aeronave Cessna, Saltos c/ Instrutor Tandem , Saltos para alunos em Progressão AFF , Saltos para alunos ASL , Saltos de Coach BBF , Saltos de Coach FREE FLY básico ( transições ) e avançado ( deslocamentos e head down ). Área gramada para pousos , lanchonete/restaurante Agendamentos pelo fone 41 3015-5742 – whatts app 41 9977-2504 / tibi@flycuritiba.com.br / skype : skydivetibi / www.facebook.com/flycuritibaparaquedismo

RTA : CLAUSSIUS SGARBI – TIBI

SKYDIVE FOZ
Confirmada atividade diariamente ( segunda a sexta das 9 hs ao por do sol / sabados e domingos das 8 hs ao por do sol ) , Aeroporto ESTANCIA HERCULES, FOZ DO IGUACU - PR. Aeronave Cessna 180 PT- BRB e Pilatus Porter PC6. Instrução : Coach BBF, Coach Belly Fly Avançado , Coach TR , Pilotagem de Velame , Coach de Free Fly e Manutenção de Equipamentos. Equipamentos para alugar : Student 280 / 260 / 190 / 210 capacetes. MAIORES INFORMAÇOES :
45 3027 5070 / 45 9148 9756 / contato@skydivefoz.com

RTA : João Felipe Pisco

Leia semanalmente os boletins da CBPq e da FEPAR e mantenha-se atualizado, a nossa segurança depende da informação.
Atenciosamente

FEPAR

 
     
     
 
BOOGIE GUARANI
Mais uma vez será realizado o maior encontro de Paraquedistas da América Latina - BOOGIE GUARANY - que novamente será realizado na cidade de TOBATI, próximo a Assuncyon - PY, na PASCOA. Os saltos são realizados pela aeronave CASA 212 (capacidade de até 30 paraquedistas) com lançamento acima de 13500. Segue abaixo algumas informações da organização:

ATENCION: Regalo de Reyes!!! para toda la comunidad de Paracaidistas, hoy se confirmo la realización del tradicional BOOGIE GUARANI 11º Edición Año 2014 en fecha 17, 18 ,19 y 20 de abril (Semana Santa) Drop Zone TAA. Como siempre esperando a todos con los brazos abiertos y amistad sincera para realizar la mayor fiesta de encuentro de buenos saltos entre amigos de nuestro amado deporte . PD:. Mayor informaciones para la operativa del Boogie en los próximos días. ATTE La organización YA ESTAMOOOOOSSSSSS DE BOOGIEEEEEEEEE!!!!!

Dependendo do número de atletas paranaenses inscritos a FEPAR poderá disponibilizar um ônibus para os atletas.
FREE FLY ANGLE CAMP - CARNAVAL
BABYLON - Stephane Fardel e David Nimmo marcam presença no FREE FALLS FESTIVAL que será realizado em Skydive Foz dias 28/02 a 9/03.

Inscrição: R$ 150,00
Sem Profit com os BABYLON
Saltos a 13.000ft
O SONHO DE DESCONECTAR
PARAQUEDISMO: ÚLTIMO DIA PARA INSCRIÇÕES COM DESCONTO

"O SONHO DE DESCONECTAR “ – Como Abrir e Administrar a Sua Área de Paraquedismo será realizado nos dias 22 e 23 de fevereiro, no Hotel Tryp Melia do Cambuí, em Campinas.

Desconecte-se de tudo aquilo que não lhe traz felicidade e realize o seu sonho.

O paraquedismo no Brasil está crescendo rapidamente e você pode colher os frutos deste desenvolvimento.

Aproveite este curso objetivo e abrangente para encurtar o caminho e acelerar a realização do seu grande sonho, ser dono da sua própria área de saltos.

Será ministrado por Ricardo Pettená, que conta com a experiência de 10 mil saltos e 43 anos de paraquedismo, formação acadêmica em Marketing (ESPM) com pós-graduação em Economia de Empresas (PUC Campinas), e uma vida dedicada ao paraquedismo, que começou com o primeiro salto (1971), a abertura da escola Azul do Vento (1978), a implantação do AFF no Brasil (1982), 14 vitórias em Campeonatos Brasileiros (1974 a 2003), a área de saltos Azul do Vento (1985 a 2010), seis anos de experiência coordenando a instrução em Deland, USA (1990 a 1997), o desenvolvimento do método BBF como sócio fundador da Skydive University e seis anos como chefe do Comitê de Instrução e Segurança da CBPq.

O curso inclui apostila, coffee break e 16 horas de aula com detalhamento sobre legislação, finanças, marketing, recursos humanos, administração e a operação:

1- LEGISLAÇÃO. As leis federais, formato jurídico, clube, escola, ANAC, RBAC, DECEA, CBPq, CIS, Código Esportivo, STJD, responsabilidade civil e risco, Termo de Responsabilidade. Análise do risco, fatores geradoress, consequências e prevenção.

2- FINANÇAS. Custo Fixo e custo variável, como calcular o custo e a margem dos produtos, planilha de custo de equipamentos e aeronaves, fluxo de caixa, investimento necessário, plano de contas, retorno sobre o investimento, análise de viabilidade econômica e financeira.

3- MARKETING. O público-alvo, mix de produtos e serviços, preços, comunicação, critérios que determinam o sucesso na escolha do aeroporto e a localização do mercado-alvo, mídia tradicional, internet, site, Google, Facebook e mídias sociais, relações públicas, imprensa, promoções de venda, venda pessoal, boca-a-boca, comercialização, eventos, organização de competições e boogies.

4- ADMININSTRAÇÃO. Visão, missão, objetivos, estratégia, rotinas diárias, plano de segurança e gestão da qualidade, check lists, procedimentos, processos, empreendedorismo – o business plan, os recursos financeiros, investidores.

5- OPERAÇÃO. Pré-Operação, operação, manual de operações, manifesto, aeronave, piloto, staff, RTA, instrutor-chefe, instrução, duplos, equipamentos, equipe de terra, fun jumpers (atletas), triagem, briefing de segurança, meteorologia, a escolha e a motivação dos recursos humanos, segurança da operação e o sistema de gestão da segurança.

6- RECURSOS HUMANOS. Dimensionamento do STAFF, Recrutamento e Seleção, Treinamento, Job Description, Escala de Trabalho, Motivação, Liderança, Comprometimento e Disciplina.

Os interessados devem entrar em contato via e-mail ricardo_pettena@hotmail.com. Faça a sua pré-inscrição até o dia 20 de janeiro e aproveite os descontos de até 45%. Solicite o número para identificação do depósito.
CURSO BBF - CURITIBA
Já foi confirmado pela CBPQ mais um curso de formação de Treinadores BBF no paraná. O curso vai ser realizado na cidade de Ponta Grossa nos dias 05 a 09 de fevereiro de 2014 e esta sendo organizado pela Fly Curitiba em parceria com a FEPAR e terá como DIRETOR de Curso da Fase o Sr. Ricardo Pettená. Aguardamos ainda a CBPQ nos passar o avaliador da FASE 2.

Quem tiver interesse em participar do curso de TBFF deve cumprir os requisitos estabelecidos no nosso Código Esportivo.

E-mail para contato: victorpeck@gmail.com
CAMPEONATO BRASILEIRO DE FQL 2014
Campeonato Brasileiro e
Copa Latino-Americana de FQL 2014
Edital de Licitação 01/2014

1.Finalidade
A Confederação Brasileira de Paraquedismo (CBPq), através do Comitê de Formação de Queda Livre (CFQL), oferece a possibilidade de qualquer entidade candidatar-se a sediar e realizar o Campeonato Brasileiro e Copa Latino-Americana de FQL, versão 2014, que tem sua data oficial confirmada de 28 de julho a 1 de agosto de 2014.

2.Objetivos
Orientar em todos os pontos as entidades que queiram candidatar-se a sediar esta competição em sua unidade federativa, cidade ou área de saltos, e para isso, o CFQL descreve os componentes que devem ser observados e constar na lista de infra-estrutura e recursos, para o bom andamento do evento, suprindo as necessidades da organização, dos atletas e equipes participantes.
Existem itens obrigatórios que sem o seu cumprimento anulam a candidatura e itens recomendados que pontuarão as propostas e conduziram a vencedora, caso haja mais que uma proposta.
Será considerada vencedora a entidade que obter a maior pontuação entre os itens solicitados, esta será certamente aquela que irá oferecer as melhores condições de infra-estrutura, recursos físicos e humanos e principalmente, a melhor relação entre custo e benefício para os atletas e equipes participantes e retorno financeiro e de mídia à CBPq.
Descrevemos os itens que serão levados em consideração, assim como sua respectiva pontuação dentro do modelo de classificação praticado pela CBPq.
O critério de pontos tem como objetivo deixar a escolha do local que sediará a competição extremamente transparente e de fácil entendimento para todos interessados.

3.Classificação dos Recursos da Competição
1)Infraestrutura de solo;
2)Infraestrutura aérea;
3)Hospedagem e translado;
4)Segurança geral;
5)Patrocínio, Divulgação e Premiação.
É importante reforçar que todas as normas do Código Esportivo da CBPq deverão ser observadas e qualquer tipo de irregularidade, seja ela de documentação ou de cumprimento das normas regulamentares, automaticamente desclassificarão o proponente.
Desta forma, fica por conta de cada entidade providenciar o total cumprimento das normas supracitadas, desde documentação da própria área de salto, como NOTAM, até a certificação da homologação da aeronave, pilotos e todos os envolvidos diretamente e indiretamente na execução da competição.
Ficará desta forma sujeita à todas as punições da lei civil e desportiva o proponente que eventualmente vencedora, por algum motivo, não cumprir as normas que estão disponíveis no site da CBPq – www.cbpq.org.br, na execução do evento.

4.Itens, Descrição e Critérios
Itens que não apresentarem valor de pontuação e que estão em itálico, são considerados obrigatórios e caso não
assumidos compulsoriamente pelo proponente, desclassificam a proposta.
Itens com pontuação determinada servirão para a escolha da melhor proposta através da maior somatória.

5.Condições Obrigatórias e Irrevogáveis
A competição deverá ocorrer em um local onde opere área de saltos regular, com freqüência mínima comprovada de 40 (quarenta) vezes por ano.
A área de pouso, área de dobragem, área de alimentação, descanso e zona de embarque direto na aeronave deverão estar dentro de um raio máximo de 200 (duzentos) metros.
1)Infra estrutura de solo (10 itens compulsórios mais 4 pontos):
a)Tenda e/ou hangar equipados com cadeiras e mesas para acomodar confortavelmente para o mínimo de 15 (quinze) equipes, juntamente com técnicos, arbitragem e organização, totalizando aproximadamente o numero mínimo de 100 (cem) pessoas;
b)Área de dobragem coberta com pelo menos 8 dobradores profissionais;
c)Bar com lanches, bebidas e refeições;
d)Mínimo de 4 Banheiros separados (2 masculinos e 2 femininos);
e)Manifesto equipado com pelo menos 02 computadores e sistema de som;
f)Área coberta para treinamento das equipes sobre carrinhos;
g)Mínimo de 3 TV’s e 3 DVD’s para os câmeras e para o julgamento;
h)Computador com acesso à internet e impressora laser;
i)Sistema de som com microfone para que todos os atletas e público possam ouvir o evento;
j)Biruta oficial;
k)Windblades (1 ponto);
l)Falso avião, com as devidas proporções referentes à aeronave que será utilizada (1 ponto);
m)Hidratação gratuita (2 pontos);
2)Infra Estrutura Aérea (4 itens obrigatórios):
a)03 (três) Aeronaves Cessna Caravan com propulsão à turbina que comportem o mínimo de 03 (três) equipes completas de 4-way (15 lugares), devidamente configuradas para lançamento de paraquedistas, com estribo, porta e “handle” para os atletas e para o câmera, homologadas junto aos órgãos regulamentadores, assim como seus piloto. As aeronaves deverão ser disponibilizadas da seguinte forma:
b)2 (duas) aeronaves deverão estar à disposição da competição durante todo o evento, do nascer ao pôr do sol, sendo que pelo menos uma das aeronaves deverá estar à disposição dos atletas no mínimo um dia antes do evento, para que as equipes possam realizar saltos de treinamento;
c)1 (uma) Aeronave disponível a no máximo duas horas de vôo do local do evento a titulo de “reserva” na eventualidade de pane ou outro impedimento das aeronaves titulares;
d)Comunicação de solo com as aeronaves através de sistema de rádio.
3)Hospedagem e translado (3 itens obrigatórios mais até 4 pontos):
a)Hospedagem para todos os atletas e acompanhantes, com custos comprovadamente reduzidos em comparação à tarifa normalmente praticada pela instituição. Apresentar a proposta do hotel(s) e também a infra-estrutura oferecida pelo hotel aos atletas;
b)Hospedagem gratuita para o staff técnico/organizador, 10 (dez) pessoas no total. Cada hospedagem gratuita a mais que as 10 obrigatórias somam 1 ponto à proponente.
c)Translado gratuito do hotel para a área de saltos do staff técnico/organizador e atletas, caso a distância seja superior a 300 (trezentos) metros;
d)Segurança Geral (2 itens obrigatórios e mais 2 pontos possíveis);
e)2 (duas) ambulâncias com médico e/ou paramédico de plantão durante toda a atividade de saltos, do nascer ao por-do-sol;
f)Área de pouso segura, livre de obstáculos e com tamanho adequado para a realização de uma competição deste nível. Sendo a área maior que o mínimo exigido pelas normas da CBPq, o proponente receberá mais um ponto (1 ponto);
g)Seguranças para separação entre público e atletas (1 ponto);
h)h) Remuneração pelas diárias de trabalho dos juízes, árbitros e diretor do evento de acordo com o estabelecido no Regulamento Geral do Paraquedismo Brasileiro e os valores estabelecido pela assembléia Geral.

4)Patrocínio, Divulgação e Premiação (2 itens obrigatórios mais número de pontos propostos pela entidade proponente de acordo com sua capacidade auto-determinada):
a)Patrocínio financeiro para a realização do campeonato, bem como para cobertura dos custos relacionados à infra-estrutura necessária. O proponente deverá indicar o nome do patrocinador e onde o mesmo fará aporte de capital;
b)Valor do ticket por atleta competidor, comprovadamente reduzido para a altura mínima de 11.000 pés (Apresentar planilha da área quando em atividade normal e o proposto para o evento);
c)Placar;
d)Festividade de encerramento com churrasco e free beer (2 pontos)
e)Pódio; (1 ponto);
f)Divulgação na mídia local (1 ponto para inserção em jornal, 2 pontos para inserção em rádio, 3 pontos para inserção em TV. Estas inserções serão devidamente comprovadas após o evento e caso não cumpridas, descontadas do valor da caução R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) cada ponto não atendido);
g)A cada R$ 1.000,00 (mil reais) de crédito da CBPq que eventualmente a proponente comprometa-se a arrecadar e repassar, ela somará mais (2 pontos). A título de garantia a candidata deverá depositar 30% do valor a que se compromete arrecadar para CBPq junto com o depósito da caução. Esta arrecadação NÃO é obrigatória, mas será um dos itens de pontuação para eventual desempate.

6.Prazo de Entrega das Propostas e Julgamento
Os proponentes devem enviar suas propostas em envelopes com lacre próprio para o Gabinete da Presidência da CBPq no seguinte endereço:
Rua Olga Niembhur Esteves, 84
Barbosa Lage, Juiz de Fora - MG
CEP: 36085 - 230
As propostas podem ser entregues pessoalmente ou via SEDEX, mas o concorrente DEVE ter a certeza que elas estarão em mãos da CBPq no endereço determinado impreterivelmente até as 17:00 horas do dia 30 de Janeiro de 2014.
As propostas entregues via correio normal e/ou recebidas posteriormente ao prazo aqui definido serão automaticamente desclassificadas.
A abertura dos envelopes e julgamento das propostas acontecerá no dia 7 de Fevereiro de 2014, em local a ser definido pela CBPq e as proponentes deverão, obrigatoriamente enviar um representante para acompanhar a abertura dos envelopes e a seleção dos critérios de escolha e, caso seja necessário, já receber informações a respeito da futura organização do campeonato.
Cada proponente antes da abertura das propostas, deve apresentar um cheque nominal à CBPq no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) a título de caução e, se for o caso, mais 30% do valor que se comprometer arrecadar conforme item (4.g.)
A Comissão Julgadora será composta pelo Presidente da CBPq, pelo Chefe do CFQL e por mais dois outros chefes de Comitês, especialmente convidados para este evento.
O cheque caução emitido pelo proponente vencedor da licitação será depositado na conta-corrente da CBPq e permanecerá retido até o final do evento. Sua restituição será realizada integral ou parcialmente, de acordo com a organização e execução evento conforme disposto neste Edital e nas condições informadas pelo proponente vencedor após análise e julgamento da Presidência da CBPq e sua Diretoria. Os demais proponentes terão seus cheques devolvidos imediatamente após a homologação do vencedor da licitação.
Os valores apurados a título de inscrição das equipes para o Campeonato Brasileiro, serão depositados integralmente na conta da CBPq e serão repassados aos organizadores ao final da competição descontados de eventuais gastos necessários para execução do evento.
O descumprimento de qualquer item da proposta do proponente acarretará em retenção IMEDIATA da caução e dos depósitos efetuados a titulo de inscrição das equipes.
Entende-se como descumprimento a não disponibilização de qualquer item mencionado na proposta durante qualquer momento do evento.
O proponente vencedor assinará um contrato de realização do evento com a CBPq, onde todos os itens oferecidos serão listados em anexo, assim como as multas por não cumprimento, desta forma.
As propostas que forem enviadas fora de ordem e que necessitem de explicação por parte do proponente serão automaticamente desclassificadas e estarão disponíveis publicamente no site da CBPq.
Serão consideradas assim as propostas com conteúdo e apresentação fora da ordem em que a licitação está publicada.
Caso não haja nenhum interessado, ou ainda, caso julgue necessário para o bom andamento da competição, a própria CBPq realizará a competição nas condições que achar mais adequado.

7.Visitas da CBPq para fiscalização das propostas oferecidas
A CBPq enviará um responsável para o local vencedor da proposta duas vezes.
Todos os custos deste envio serão por conta do proponente, sendo a primeira pelo menos a 30 dias antes do evento e a segunda, 3 dias antes o início do evento.
Na última visita da CBPq todos os itens oferecidos pelo proponente já deverão estar disponibilizados e devidamente montados para a competição, com exceção dos seguintes itens:
•Dobradores;
•Hidratação Gratuita;
•Aeronaves;
•Ambulância.
Para os itens aeronaves e ambulância, deverá ser apresentado o contrato formal de prestação de serviços para a data do evento devidamente assinado.
O não cumprimento de qualquer item na última visita (3 dias antes do evento) acarretará no cancelamento do evento e execução do contrato assinado, assim como das multas estabelecidas e devidamente acordadas entre as partes.
Caso ainda persistam quaisquer dúvidas, favor entrar em contato com a CBPq através dos e-mails: presidente@cbpq.org.br ou com o Comitê de FQL pelo email cfql@ cbpq.org.br
Desejamos sorte e sucesso a todos que tenham intenção de sediar a competição mais importante do cenário do pára-quedismo Brasileiro e Latino Americano.
Atenciosamente,
Daniel Martins
Luiz Claudio Ribeiro Santiago
Chefe do CFQL
Presidente da CBPq
NOVA CONTA DA FEPAR
A conta da FEPAR mudou para o Banco Bradesco. Atenção novos cadastros ou recadastramentos:


FEPAR - BANCO BRADESCO nº 237
FEDERAÇÃO PARANAENSE DE PARAQUEDISMO
CNPJ : 00.668.606/0001-08
AGENCIA: 1913-5
CONTA: 271-2
VALOR: R$ 40,00
CREDENCIAS
As credencias esportivas e profissionais são de responsabilidade da CBPQ. Por esta razão, após ter seu cadastro feito e atualizado na FEPAR o ALUNO, ATLETA OU INSTRUTOR deverá entrar no site da CBPQ:

http://www.cbpq.org.br/

e fazer o seu login ou cadastro, dependendo da situação. Após a regularização dos seu cadastro, você deverá preencher todos os dados la constantes, inclusive anexando uma foto 3x4 para a emissão da sua credencial.
ESCOLAS, INSTRUTORES E ATLETAS
nformamos a todos os CLUBES ESCOLAS e INSTRUTORES que ao fazerem o cadastramento de novos alunos ou o recadastramento de atletas bem como aos ATLETAS que forem fazer a sua renovação, que as credenciais só serão emitidas e mudadas as categorias se a ficha de cadastro do site tiver sido preenchida corretamente e tiver toda a documentação necessária como prevê o Código Esportivo. O prazo para regularização após os depósitos é de 15 dias junto a FEPAR e mais 15 dias junto a CBPQ.

Também pedimos que seja anotado o nome da pessoa referente ao deposito no comprovante antes de ESCANEAR e envia, ficando assim mais fácil a identificação do depositante.

ATENÇÃO CLUBES: Quando um atleta ou aluno de primeiro salto, que não estiver cadastrado ou com a HABILITAÇÃO vencida, pedimos que seja feito o cadastro do mesmo, ATRAVÉS DO SITE DA FEDERAÇÃO, antes de saltar e os comprovantes de pagamentos enviado no primeiro dia útil após o cadastro.

Pedimos a todos os clubes que enviem seus relatórios semanalmente até quarta-feira para constar em dia no Boletim da FEPAR.
PARAQUEDISMO SEGURO QUEM FAZ É VOCÊ.

Leia os boletins da CBPq e da FEPAR.

BOM FINAL DE SEMANA A TODOS , BONS SALTOS.

Carlos André Mateus Massignan
Presidente FEPAR
E-MAIL: negoandre01@gmail.com

ACESSEM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/pages/FEPAR-Federa%C3%A7%C3%A3o-Paranaense-de-Paraquedismo/403972879724482

OU NOSSO GRUPO DO PARAQUEDISMO PARANÁ:
https://www.facebook.com/groups/233429626699238/
 
     
       
  www.fepar.org.br
fepar@fepar.org.br
by Colere Design © 2020  

Você está recebendo este e-mail por ser cadastrado no site www.fepar.org.br.
Caso não queira mais receber este e-mail clique aqui.