05 de fevereiro de 2015
 
  Boletim 04/2015

ATIVIDADES CONFIRMADAS E INFORMADAS à FEPAR para as datas de 28 de Janeiro de 2015 a 04 de fevereirode de 2015.

SKYDIVE FOZ
Atividade diariamente a partir das 09 horas da manhã ao por-do-sol
Aeronave: PILATUS PC-6 com lançamentos a 13 mil pés
Saltos com Instrutor Tandem
Equipamentos para alugar: Student 280 / Sabre2 190 / Silhouette 210

RTA - RODRIGO PEDROSO

FLY CURITIBA
Fly Curitiba Paraquedismo confirmada atividade em Ponta Grossa, Aeronave Cessna, Saltos c/ Instrutor Tandem , Saltos para alunos em Progressão AFF , Saltos para alunos ASL , Saltos de Coach BBF , Saltos de Coach FREE FLY básico ( transições ) e avançado ( deslocamentos e head down ). Área gramada para pousos , lanchonete/restaurante Agendamentos pelo fone 41 3015-5742 – whatts app 41 9977-2504 / tibi@flycuritiba.com.br / skype : skydivetibi / www.facebook.com/flycuritibaparaquedismo

RTA : CLAUSSIUS SGARBI – TIBI

FLY PARAQUEDISMO LONDRINA
Confirmada atividade no Aeródromo 14 Bis, Distrito da Warta - Londrina. Aeronave Cessna 210-05 PR-BEX SUPER SKYLANE. Saltos Duplos , Saltos para alunos AFF, ASL, BBF, saltos FUN , instrução de FREE FLY / treinamento e saltos de avaliação para instrutores e saltos para atletas. Contatos e maiores informações : www.flypqd.com.br / 43 9102 6265 / 43 3027 6265 a/c Fabio Pelayo.

RTAs Fabio Pelayo , Ronaldo Tkotz, Laercio Gomes e Vitor Tamarozi.

Leia semanalmente os boletins da CBPq e da FEPAR e mantenha-se atualizado, a nossa segurança depende da informação.
Atenciosamente

FEPAR

 
     
     
 
1ª competição de Angle Flight da América Latina
E ae galera do Skydive!!

Estamos há 18 dias para o início da 1ª competição de Angle Flight da América Latina

O poll está acessível para todas as categorias permitidas

Todas as informações da Copa estão no link abaixo
http://goo.gl/bqT39S

SkydiveFoz
45 3027 5070
contato@skydivefoz.com
CAMPEONATO PARANAENSE DE V4
Regulamento Campeonato V4
REGULAMENTO SKYLIFE PARAQUEDISMO – PATO BRANCO – PARANA

1. Finalidade Regulamentar o Campeonato Paranaense de VELOCIDADE 4 – Primeira Etapa - VERSÃO 2015 que será organizado e realizado pela Federação Paranaense de Pára-Quedismo – FEPAR em conjunto com a SKYLIFE PARAQUEDISMO
2. Local, Data, horário e Aeronave
Local: Aeródromo Pato Branco PR, Município de Pato Branco PR
Data: 28 de fevereiro a 1 de março
Horário inicio: 11:00 hrs reunião dos capitães e início do campeonato
Horário máximo previsto para o término: 16:00 hrs.
Aeronave: PT-CBM

3. Objetivos
a. Determinar a equipe Campeã Paranaense de V-4 em 1 ( ETAPA ).
b. Incentivar os atletas filiados a FEPAR em permanecer no esporte, incentivando-os através desta competição.
c. Promover a troca de informações e aprendizado entre as equipes em um clima saudável de competição e ajuda entre os competidores.
d. Promover a confraternização entre atletas, escolas, instrutores e federação.
e. Proporcionar trocas de experiências, conhecimentos e informações.

4. Execução
Dia 27 sexta feira inicia os treinos para o campeonato das 10:00 hrs as 17:00 hrs
O campeonato será executado em 03(três) rodadas, podendo, no entanto ser considerado válido com apenas 02(duas) rodadas completas realizadas, se houver impedimento técnico ou qualquer outra circunstância julgada pela comissão técnica que o impeça de ser continuado. Todos as rodadas realizadas serão válidas, não haverá descartes.
Cada equipe será composta por quatro atletas, sendo que um será o câmera, que participará da formação e a sua filmagem será o único objeto de julgamento. Os demais integrantes poderão a critério próprio utilizar-se de filmadora porém apenas a filmagem do câmera oficial será observada.
A categoria mínima de participação no campeonato é B. Não será permitida a participação em mais de um time na tarefa de formação.
O número de equipes será de minimo03 e máximo de 07 .
Os saltos serão realizados a partir de 9.000 pés.
No posicionamento da saída nenhuma parte do corpo de qualquer integrante a não ser do camera poderá ficar para fora da aeronave. “No Show”
É proibido também qualquer tipo de “grip” no momento da saída da aeronave. “No Grip”

O cronômetro será aberto a partir do momento que qualquer parte do corpo do SEGUNDO integrante da equipe encontre-se fora da porta do avião, portanto o “PS” deve ser feito antes da saída do câmera ( 1 INTEGRANTE), e será tomado o tempo até que os 4 (quatro) atletas estejam formados em uma estrela, que deve ser configurada e voe estável por no mínimo 2 segundos.
As tomadas de tempo serão acumuladas a cada salto, será vencedora a equipe que após o último salto somar o menor tempo gasto para formar as estrelas. Em caso de empate, a equipe que realizou a estrela no menor tempo em um dos saltos de competição será considerada a vencedora. O tempo máximo a ser considerado é de 25 segundos de trabalho após a saída do primeiro pára-quedista, qualquer tempo acima disto não será considerado.
A comissão técnica terá plenos poderes para julgar os casos de infração as normas de segurança, cabendo desde eliminação da equipe da competição, até invalidação do tempo obtido. São consideradas graves, as infrações referentes a aberturas e curvas a baixa altura bem como entradas violentas na formação por qualquer um dos atletas das equipes participantes.
A comissão técnica será composta pelos capitães das equipes, cabendo as decisões em votação plenária.

5. Inscrições
As inscrições deverão ser feitas diretamente na área até 1 (uma hora) antes do início das atividades, mediante a apresentação e presença dos integrantes da equipe devidamente em dia com a CBPq e FEPAR.
As vagas serão cobradas pelo manifesto diretamente aos integrantes das equipes e sera de R$ 120,00 a vaga a 9.000 ft

6. Premiação

Campeã: Medalhas E TROFEU + Dinheiro a definir
Vice Campeã: Medalhas e troféu + dinheiro a definir
Terceira colocada: Medalhas + dinheiro a definir

7. Comissão Organizadora
SKYLIFE PARAQUEDISMO E FEPAR

Diretor do Campeonato: a definir próximo boletim
Juiz Chefe: a definir próximo boletim
Júri: Os capitães das equipes participantes
CURSO PARA NOVOS INSTRUTORES
A FEPAR em conjunto com a CBPQ e as escolas do paraná esta preparando uma nova sessão de cursos para formação de novos instrutores e treinadores. Devemos destacar que a primeira fase desses cursos será ministrada pelo RICARDO PETENÁ e a segunda fase será indicada pela CBPQ. As pessoas que tiverem interesse em participar é bom já irem se programando e cumprindo com os seguintes termos:

Bom dia senhores,
Este e-mail é para informar a todos os Diretores de Curso ( Examinadores ) que não mais existirá deposito em conta para realização de cursos ou Convalidações ( Nacionalização ).
A partir desta data, TODOS os cursos ou Nacionalizações terão seus pagamentos via boleto bancário emitido pela CBPq e enviado diretamente ao candidato do curso ou Nacionalização.
Abaixo um pequeno cronograma dos passos a serem seguidos a partir de hoje.

1º Federação solicita o curso seguindo o que prevê o código esportivo. ( Prazos, candidatos informados etc)
2º CIS autoriza o curso e indica o DC para a fase 02
3º A CBPq emite o boleto e envia ao candidato após check de todos os pré requisitos.
4º Candidato paga o boleto
5º Após o término do curso os DC's informam os aprovados e reprovados no curso
6º A CBPq repassa os valores devidos a cada DC.

Não mais existirá a chamada "Trancar matrícula" onde o candidato, após alguns saltos de avaliação ruins diz que vai tentar novamente em um novo curso, em uma nova fase 02 por exemplo.
Todo candidato terá apenas 01 classificação ao final do curso, APROVADO ou REPROVADO.
O candidato reprovado deverá participar de outro curso integral ( fase 01 e fase 02 ) pagando integralmente por ele.
O prazo máximo para emissão do boleto ao candidato são 10 dias antes do início do curso, o candidato que perder este prazo por não cumprir os pré requisitos ou qualquer outro problema administrativo como licença vencida etc etc etc deverá aguardar outro curso acontecer.
Senhores o objetivo é não termos alunos que não cumprem os pré requisitos ou simplesmente não estão com suas licenças em dia querendo participar do curso e querer que a CBPq pare em função de resolver um problema que ele mesmo criou.
Os cursos são avisados com grande antecedência e o mínimo é o candidato estar dentro dos padrões antes do curso se iniciar.
Seguindo os passos acima a "engrenagem" vai rodar tranquilamente e não teremos os problemas que temos em TODOS os cursos.
Grande abraço a todos.
Dim.
LUTO
É com muita tristeza e imenso pesar que comunico a todos o falecimento do capitão Solon Rodrigues Santos aos 82 anos de idade, ceifado por um câncer incurável.
Solon foi por inúmeras vezes Campeão Brasileiro de Estilo Classico e Precisão Individual e em Grupo. Pioneiro do paraquedismo no sul do Brasil, fundou em 1967 no Paraná o primeiro clube do estado, o Albatroz Pára-quedismo, hoje o mais antigo do sul do país. Foi um dos fundadores da Federação Paranaense de Pára-quedismo, a qual presidiu de 1983 a 1986, quando assumiu a presidência da Confederação Brasileira de Pára-quedismo. Sob o seu comando a CBPq organizou e realizou o primeiro campeonato mundial sob a égide da FAI na América Latina. Foi o 7 Campeonato Mundial da modalidade de Trabalho Relativo, hoje conhecido como FQL. Mais que um um grande dirigente e atleta vitorioso Solon era um amigo maravilhoso, sincero e parceiro de todas as horas, uma pessoa inesquecível, uma perda irreparável. Que o Grande Arquiteto do Universo o receba com muita Luz, Paz e Harmonia.
Jorge Derviche Filho - JOTA
Presidente da COLPAR
Segundo BOOGIE FEPAR - sucesso total
Pelo segundo ano consecutivo o BOOGIE FEPAR - maior encontro paranaense para atletas de paraquedismo - foi um sucesso. Com a presença de mais de 100 atletas do estado do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Argentina, Paraguai, São Paulo, enfim, de diversos lugares. A festa foi na SKYDIVEFOZ e contou com toda a estrutura necessária para esse tipo de evento. Foram mais de 600 lançamentos, com 3 reservas, sendo um deles num salto tandem e outros dois de atletas e mesmo assim pousaram em segurança dentro da área. A festa foi outro atrativo do evento. Tivemos as famosas COSTELAS do Godoy e uma carneiro inteiro assado no fogo de chão. Devemos destacar também que a FREEBEER foi a maior já vista em qualquer BOOGIE.

Em relaçao ao saltos devemos destacar que tivemos a presença de pessoas que não conheciam FOZ e que se surpreenderam com a qualidade da DROPZONE e da AERONAVE. Fizemos saltos de 10 way com o objetivo de nos prepararmos pra tentar bater o recorde paranaense que deverá sair até JULHO na SKYDIVEFOZ. Acredito que esse evento nos abriu os olhos para a importância dos atletas na nossa federação, que puderam se encontrar num evento que presou pelos saltos para atletas, reunindo amigos e paraquedistas que gostam de saltar para se divertir. O grande problema de hoje no SKYDIVE é justamente esse, reunir atletas para darmos risadas e saltarmos juntos.

Mas enfim!!!! acredito que a idéia do encontro paranaense já realidade. Temos uma area com um aviao que da conta do recado. PILATUS e o "nene" não desligaram. O STAFF mandou ver. Dobragem. Recepção. Tudo digno de uma grande DROPZONE dentro do nosso estado.

Devemos agradecer a todos que fizerem esse evento acontecer e agradecer as pessoas que participaram para realizarmos essa festa. Obrigado aos patrocinadores SKYDIVEFOZ, SKYLENO E FLYKALL...

ANO QUE VEM TEM MAIS!!!!!!!
PALAVRAS DO PRESIDENTE DA CBPQ
Olá pessoal, primeiramente desejo um ótimo 2015 para todos.
Este e-mail é para informar que para o ano de 2015 vamos iniciar uma série de melhorias visando o aumento da segurança em nosso esporte.
O período passado foi de trabalho árduo na regularização completa da entidade e hoje, com a "casa em ordem" podemos iniciar uma nova era em nosso esporte o elevando a níveis internacionais de segurança.
Inicialmente iremos certificar todos os profissionais ( TBBF / Mestre de Saltos ASL / Mestre de Saltos AFF / Instrutor ASL / Instrutor AFF / Piloto Tandem ) devidamente em dia com a entidade e em plena atividade.
A Confederação irá contratar um "Coordenador Técnico" ( remunerado ) para trabalhar focado em uma única coisa, SEGURANÇA !
Esta pessoa irá agir diretamente visitando e fiscalizando áreas de saltos em todo o país de forma inopinada ( surpresa ) e após um check geral, irá enviar à CBPq as condições que aquela área / escola opera. Terá ainda o poder de em nome da Confederação solicitar o fechamento da área até uma possível adequação às normas e procedimentos.
Em reunião com a ANAC, esta se colocou 100% a favor da Confederação e sua nova conduta e irá acatar imediatamente toda e qualquer comunicação da entidade sempre que se fizer necessário fiscalizando e punindo imediatamente aeródromo, pilotos e seus dirigentes conforme a gravidade do caso.
Atingimos em 2014 uma marca histórica em nosso esporte alcançando a meta zero acidentes fatais em um ano. Esta meta foi buscada por anos a fio por esta Confederação, seus comitês e seus antigos dirigentes, todos que se empenharam possuem este mérito e tem meu agradecimento, em nome da Confederação Brasileira de Paraquedismo, muito obrigado!
Sabemos que a sorte acompanhou bem de perto diversas ocasiões que culminariam em tragédia e é justamente este "contar com a sorte" que queremos eliminar de vez de nosso esporte.
Sabemos também que este será um grande passo para o esporte e não esperamos que seja fácil, porém contamos com o apoio que sempre tivemos das Federações e seus instrutores comprometidos com a segurança.
Tais mudanças exigirão tempo e dinheiro e para que possamos viabilizar os planos elaborados, teremos que aumentar o valor anual de nossos profissionais.
Esta medida foi tomada após uma analise global de nossos filiados e entendermos que os profissionais além de lidarem diretamente com novos atletas / passageiros, são as únicas pessoas que de forma direta ou indireta "lucram" com o esporte.
Pensando nisto, a partir deste ano o valor para recadastramento de qualquer profissional ( TBBF / Mestre de Saltos ASL / Mestre de Saltos AFF / Instrutor ASL / Instrutor AFF / Piloto Tandem ) passa a ser R$150,00 anualmente.
Iremos disponibilizar boleto bancário para pagamento da anuidade profissional.
Importante lembrar que os relatórios anuais de atividade profissional permanecem e devem ser enviados para a Confederação através das Federações como sempre foi feito.
O profissional que não está atuando e não desejar se recadastrar como profissional poderá fazer seu recadastro normalmente como atleta pagando o valor normal de R$75,00.
Mais novidades em prol da segurança serão informadas em breve.
Gentileza divulgar em sua Federação / área.
Um grande abraço e ótimo pouso a todos.

DIM
PRESIDENTE CBPQ
PARAQUEDISMO SEGURO QUEM FAZ É VOCÊ.

Leia os boletins da CBPq e da FEPAR.

BOM FINAL DE SEMANA A TODOS , BONS SALTOS.

CARLOS NEGOANDRE MASSIGNAN
Presidente FEPAR

ACESSEM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/pages/FEPAR-Federação-Paranaense-de-Paraquedismo/403972879724482
 
     
       
  www.fepar.org.br
fepar@fepar.org.br
by Colere Design © 2020  

Você está recebendo este e-mail por ser cadastrado no site www.fepar.org.br.
Caso não queira mais receber este e-mail clique aqui.